top of page

Captação de leads: como melhorar o CPL?




Trabalhar o funil de vendas e aprimorar as porcentagens em cada etapa é crucial para atingir as metas. Uma parte essencial do funil é a captação de leads. Mas como captar leads de maneira eficaz? E como otimizar os custos dessa captação de leads? Quais são as principais estratégias? E como mensurar os resultados? Vamos refletir sobre isso no conteúdo de hoje.


O que é e qual a importância da captação de leads?

Leads são potenciais clientes, pessoas ou empresas que demonstraram interesse em um produto/serviço e forneceram informações de contato para uma comunicação direta posterior. Captar essas informações e entrar em contato é essencial para criar relacionamento com o público-alvo. Através desse contato direto, é possível enviar campanhas e informações segmentadas que auxiliem o potencial cliente a percorrer as etapas do funil de vendas.


Definição do público-alvo

Assim como todas as estratégias de marketing, o primeiro passo para uma captação de leads eficaz é a definição do público-alvo. Traçar a persona ou personas de determinado negócio ajudará a compreender os interesses, hábitos e necessidades daqueles que têm potencial de compra do produto/serviço. Com esse conhecimento, é possível definir iscas mais adequadas para captar leads.


Quais são as principais estratégias para captar leads?

Algumas iscas que podem ser usadas na captação de leads são: criação de conteúdo relevante (marketing de conteúdo), Inbound Marketing, parcerias estratégicas e remarketing.


Na criação de conteúdo relevante, são desenvolvidos artigos, vídeos, podcasts e outros formatos de conteúdo que resolvam os problemas e ofereçam valor aos potenciais leads. Essa produção de conteúdo está relacionada ao inbound marketing, que consiste no uso de algum material rico (como um ebook exclusivo) para atrair a atenção e coletar informações de contato por meio de landing pages e formulários, em troca de disponibilizar o conteúdo. Após a captura, ferramentas de automação de marketing são utilizadas para segmentar e nutrir os leads de forma personalizada ao longo do funil de vendas, até que estejam prontos para a conversão em vendas.


Para aumentar a visibilidade desse conteúdo e/ou produzir conteúdos ainda mais atrativos, é possível estabelecer parcerias com outras empresas ou influenciadores.


E para aqueles que interagiram com o conteúdo, mas não deixaram seus dados, há o remarketing. Nessa estratégia, são usados anúncios direcionados para usuários que já interagiram com o site e podem ser exibidos em diferentes canais, como redes sociais e sites parceiros.


Como otimizar o custo por lead?

O ponto principal é analisar os resultados. O monitoramento constante dos resultados é fundamental para otimizar os custos. Verifique desde os conteúdos mais visualizados até a porcentagem de conversão em leads, assim como quais materiais ricos têm maior taxa de conversão. Na automação, analise a taxa de abertura dos emails, a taxa de cliques, entre outros. É importante maximizar os tipos de conteúdo que estão funcionando bem.


Além disso, podem ser feitos testes A/B em landing pages, formulários e calls-to-action para identificar quais elementos geram melhores resultados. Pequenas alterações, como mudanças de cores, posicionamento de elementos ou textos de chamada para ação, podem ter um impacto significativo na taxa de conversão. Otimizar esses elementos aumentará a eficiência da captação de leads e reduzirá o custo por lead.


Precisa de ajuda para fazer uma captação de leads eficaz em sua empresa? Entre em contato conosco pelo email contato@entrelinhasmarketing.com.br. Vamos elaborar um projeto alinhado com seu orçamento e objetivos.


8 visualizações0 comentário

Commenti


bottom of page